Higiene básica em hospitais

A principal causa para a disseminação de doenças infeccios em hospitais se dá pela falta de higiene. O simples ato de lavar as mãos deveria ser a principal arma contra a superbactéria KPC e demais contaminações hospitalares.

Deve também ser evitado o contato direto com a pele de pacientes infectados. A superbactéria é muito resistente a antibióticos por conta de uma enzima conhecida como KPC, podendo passar de pessoa a pessoa por um mecanismo conhecido como contaminação cruzada.

Segundo especialistas, é preciso que as pessoas saibam a diferença entre portar a bactéria e desenvolver a doença. A pessoa pode estar colonizada, mas não necessariamente desenvolver a doença.

10 comentários sobre “Higiene básica em hospitais

  1. Sou estudante de enfermagem e atualmente estou fazendo estágio em um Hospital de Urgência em que foram detectados casos de infecção pela bactéria KPC na UTI, inclusive já apresentou algumas mortes. O que devo faze?

  2. Moro em Paulínia interior de São Paulo. O meu pai recentemente teve um AVCi e infecção urinária…Novembro 2014 e, dai em diante, ao longo dos meses, as idas e vindas ao hospital de Paulínia contraiu a enzima KPC. A algumas semanas o meu pai foi colocado em Isolamento no P.S e o quadro dele piorou drasticamente; ele continua internado Março 11 de 2015: agora ele não fala, não abre os olhos e continua respirando com dificuldades. Acredito que a infecção atingiu o cérebro ele está inerte. As visitas são restritas e os equipamentos de proteção sempre estão a disposição: luvas, máscaras, aventais e álcool gel. Se esta bactéria KPC se espalhar fora do ambiente hospitalar todos estaremos perdidos, digo a sociedade em geral. Acredito que esteja falando mais informações sobre o KPC na sociedade, para que a higiene das mãos seja fundamental, o abuso indiscriminado auto medicação e a prevenção da doença principalmente.

  3. Boa noite/dia. Primeiro que tudo peço não divulgar em qualquer órgão, esse comentário. Foi detectado em Minha sogra, o ¨vírus¨ K P C. Ela está interna ha 04 meses tendo demonstrado altas e baixas na sua recuperação. Uns dizem não ter ainda remédio para combate-lo. Nunca se sabe quem fala a verdade. Gostaria de um melhor esclarecimento da parte dessa equipe. Com os agradecimentos, Edmar. edmar_esf@hotmail.com

  4. BOA TARDE,INFELILMENTE FAZEM 8 MESES QUE ESTAMOS LUTANDO COM ESSA BACTÉRIA,MEU ESPOSO INFELISMENTE INGERIU ALCOOL DESDE SEUS 10 ANOS DE IDADE HOJE ELE SE ENCONTRA COM 72,ESTA NA FASE TERMINAL,,,,ESSA BACTERIA,É ASSASINA,,,,ELA ESTA NA URINA,ELE JÁ AMPUTOU AS DUAS PERNAS,,,AGORA ELA ESTA NO CEREBRO,,DEU ESQUIZOFRENIA,,NAO TEM MAIS JEITO,,,ELE COMEÇOU A TUSSIRRRRRRRRRR,,,,ACABOU AGORA SÓ POR DEUSSSSSSSSS

  5. olà meu irmao fez uma cirugia em abril e nâo se recuperou ainda està na uti dospital publico mais conceituado de sâo paulo porem ele pegou bacterias uma igual a kpc està a beira da morte oqui eu faço?

    1. Olá Rosa,
      procure ajuda médica, sempre. Não temos condições de indicar o que voce deve fazer. Peça auxilio ao proprio hospital ou médicos especialistas.
      Estimamos melhoras ao seu irmão!

  6. apesar de meu pai estar com um papel de restricões acima do leito dele,via tocarem nele sem luvas.trocando cateteres aplicando medicamentos.questionei muitas vezes e a resposta dos profissionais sempre era q depois lavariam as mãos para tocar nos outros.

  7. Olá,trabalho em um hospital,e no setor que atuo há na mesma enfermaria pacientes com KPC,pseudomonas e acineto,e essa semana fiquei com um tosse terrível,passei no médico e ele disse que peguei uma tosse alérgica dos meus pacientes,fiquei até com febre e de cama,o que posso fazer pra isso não acontecer mais?Visto que uso todas as medidas de prevenção?Sou auxiliar de enfermagem e agora estou com medo,por favor,me oriente,sem mais obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *